Home / Notícias
Novo processo de exportação e impactos na EFD ICMS IPI
Postado por Comunicação CRCPE
21/03/2017

O novo processo de exportação, realizado por meio da Declaração Única de Exportação (DU-E), tem como objetivo adequar o controle aduaneiro e administrativo ao processo logístico das exportações, de modo que estes sejam mais eficazes e seguros, sem causar atrasos desnecessários ao fluxo das exportações.

A EFD-ICMS/IPI trata no registro 1100 de Informações sobre Exportação, levando em conta apenas operações realizadas por meio de Declaração de Exportação – DE e Declaração Simplificada de Exportação – DSE.

Assim, enquanto não há alteração no PVA, e não for incluído um novo documento no campo 02 – IND DOC abrangendo a nova declaração, sugerimos aos contribuintes que informem o número da DU-E no campo 06 (Nº do registro de Exportação), e 0 – Declaração de Exportação no campo 02, solucionando temporariamente os problemas de adequação desse novo procedimento à EFD-ICMS/IPI.

Fonte: Contadores.cnt
 




Últimas notícias

17/05/2019 - Concretizada Primeira Fase da Simplificação de Obrigações Tributárias Acessórias

17/05/2019 - "Reforma tributária: 7 pontos para entender a proposta que unifica 5 impostos

14/05/2019 - Equipe econômica deve incluir mudança no IR na reforma tributária

14/05/2019 - Concretizada Primeira Fase da Simplificação de Obrigações Tributárias Acessórias

14/05/2019 - MEI – Microempreendedor Individual Que Tenha Empregado Já Está na Fase 2 do eSocial



ENDEREÇOS
Sede:
Rua do Sossego, 693, Santo Amaro
CEP: 50100-150, Recife, PE
   
Subsedes e Delegacias
Clique aqui
CONTATOS
(81) 2122-6011
crcpe@crcpe.org.br

 



REDES SOCIAIS